Posts Tagged “gengiva”

A boa higiene bucal começa antes que saia o primeiro dente de leite.

Os bebês nascem com todos os dentes. Não podemos vê-los porque estão escondidos nas gengivas. Os dentes começam a cortar a gengiva aos 6 meses, porém é importante praticar a boa higiene bucal, inclusive que saia o primeiro dente.
De gengiva sadia, nascem dentes sadios. Ler o restante »

Tags: , , ,

Comments Nenhum comentário »

Gengivite e periodontite são doenças que começam com a formação de placa bacteriana causando a inflamação na gengiva, e quando não cuidado logo no início atinge e destrói o osso podendo provocar a perda dentária.

Tags: , ,

Comments Nenhum comentário »

Os terceiros molares muitas vezes apresentam dificuldade na erupção que ocorre entre os 18 e 25 anos de idade. A erupção dos sisos causa, muitas vezes, uma pericoronarite. Saiba o que é e como aliviar os sintomas:

    A pericoronarite é uma infecção dos tecidos moles que rodeiam a coroa de um dente parcialmente erupcionado. Normalmente, esta situação acontece com os dentes do siso. A infecção ocorre porque as bactérias da placa bacteriana e restos de comida se acumulam entre a gengiva que cobre o dente parcialmente erupcionado. Ler o restante »

Tags: ,

Comments 12 comentários »

A periodontite marginal é um processo inflamatório crônico dos tecidos de proteção e sustentação dos dentes. É a forma mais comum de doenças periodontal das doenças dos adultos no mundo e a causa mais comum da mortalidade dental para os grupos etários acima dos 35-40 anos.

    O curso natural da gengivite, na sua evolução para os tecidos profundos, depende da resistência do indivíduo frente ao processo inflamatório. As diferenças entre a gengivite e a periodontite são mais de natureza quantitativa do que qualitativa.

    Portanto, a periodontite é um processo inflamatório que se inicia com irritação gengival, o qual invade os elementos estruturais da região da região cervical do dente, destruindo as barreiras de defesa do periodonto, dando lugar à formação de bolsas e a destruição óssea. A continuidade do processo, entregue ao seu próprio curso, gera danos tissulares progressivamente, com reflexo na estabilidade do dente, exteriorizando-se na migração, mobilidade e perda de função do dente. Ler o restante »

Tags: , ,

Comments 7 comentários »

Gengivite é uma inflamação dos tecidos gengivais que se inicia pela irritação  bacteriana da placa. Sua presença em pessoa jovens (até a puberdade) é uma constante e autolimitada, até certo ponto. A continuidade da irritação e a persistência do processo inflamatório após a juventude conduz a uma invasão dos tecidos profundos (de suporte).

Outros termos para esta doença são gengivite ulceromembranosa, infecção de Vincent ou boca de trincheira. É uma doença não-transmissível, inflamatória da gengiva causada por uma combinação da queda da resistência do paciente e uma irritação local, com superposição dos microorganismos de Vincent bacilos fusiformes; Leptotrichia buccalis ou Fusobacterium fusiforme e espiroquetas do gênero Treponema). Na fase aguda há inflamação, ulceração, sangramento e dor na gengiva ao nível do colo dos dentes. Ler o restante »

Tags: , , ,

Comments 11 comentários »

    As lesões da mucosa jugal e da gengiva representam, cada uma cerca de 10% dos carcinomas espinocelulares da boca. O grupo afetado está representado pelos homens na sétima década da vida.

    O tabaco sem fumaça é um fator etiológico importante da transformação maligna nessas regiões. O aspecto clínico varia de  uma placa branca a uma úlcera que não cicatriza e a uma lesão exofítica. Nesta última categoria se encontra o carcinoma verrucoso.

    Este súbito do carcinoma espinocelular, associado mais freqüentemente ao uso do tabaco sem fumaça, apresenta-se  como uma massa de base larga, semelhante a uma verruga. É de crescimento lento, muito bem diferenciado, raramente produz metástase, e tem prognóstico muito bom. Ler o restante »

Tags: , , ,

Comments 3 comentários »

    O cálculo dental é uma placa mineralizada que se deposita nas superfícies dos dentes naturais e artificiais, cuja ação deletéria é exercida através de um mecanismo bacteriano, embora possa exercer alguns efeitos mecânicos. Portanto, o cálculo é redutor de bactérias, as quais se alojam vivas na superfície irregular. Os principais agressores dos dentes e das gengivas é a placa bacteriana, que é uma massa pegajosa constituída de bactérias e com o tempo poderá agredir as gengivas e acabar causando a perda dos dentes.

Para descobrir as placas usamos um produto chamado revelador de placa. Quando aplicado, as placas ficam manchadas e podemos fazer uma escovação correta.

As doenças mais comuns na nossa boca são: A cárie dental e doenças das gengivas. Ler o restante »

Tags: , ,

Comments 8 comentários »